quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Guilherme de Pádua, assassino de Daniela Perez, se torna pastor em BH



Ex-ator foi formado em igreja evangélica após 15 anos de conversão
JC Online




Ex-ator foi ordenado pastor em uma igreja evangélica na capital de Minas Gerais.



15 anos depois de conversão ao evangelho, o ex-ator Guilherme de Pádua se tornou pastor de igreja evangélica. De acordo com o jornal Extra, a cerimônia aconteceu em Belo Horizonte, onde ele mora, no último fim de semana. As fotos foram postadas pela esposa, Juliana Lacerda, nas redes sociais.
Uma semana antes, Guilherme e Juliana se formaram em Teologia, na mesma igreja, com direito a colação de grau, beca e festa. Juliana e Guilherme estão casado desde março deste ano.
Juliana se disse emocionada sobre a nova profissão do ex-ator. “Enfim, agora Pastor Guilherme! Ele esperou mais que 15 anos para que esse dia chegasse, mas como nós dizemos, tudo no tempo do Senhor. Chegou o seu tempo meu amor”.
PASSADO MARCADO
Guilherme de Pádua e a então mulher, Paula Tomaz, assassinaram a atriz Daniela Perez - filha da autora Glória Perez - a tesouradas em 28 de dezembro de 1992. Eles foram condenados, cinco anos depois do crime, por homicídio qualificado, a 19 anos e seis meses de cadeia. Posteriormente, a pena foi reduzida a seis anos.

Guilherme de Pádua vira pastor de igreja evangélica


Há 20 anos, o ex-ator foi condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora Glória Peres

  •  
  •  
  •  
Rio - Guilherme de Pádua se tornou pastor da igreja evangélica, após 15 anos de conversão. A cerimônia aconteceu em Belo Horizonte, onde ele mora, no último fim de semana. Há 20 anos, o ex-ator foi condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora Glória Perez.
Guilherme de Pádua é ordenado pastor Reprodução Internet
As fotos da cerimônia de ordenação foram compartilhadas pela sua mulher, Juliana Lacerda, nas redes sociais."Enfim, agora PASTOR GUILHERME! Ele esperou mais que 15 anos para que esse dia chegasse, mas como nós dizemos, tudo no tempo do SENHOR. Chegou o seu tempo, meu amor", escreveu a maquiadora na publicação, que tem fotos do ex-ator emocionado e com uma bíblia na mão. 
Guilherme de Pádua é ordenado pastor Reprodução Internet
Em 28 de dezembro de 1992, Guilherme e sua então mulher, Paula Tomaz, deram 28 tesouradas em Daniella Perez. Em 1997, eles foram condenados a 19 anos e seis meses de prisão pelo crime. A pena, no entanto, foi reduzida a seis anos. 

Guilherme de Pádua e Juliana LacerdaReprodução Internet
Na última semana, Guilherme e Juliana compartilharam nas redes sociais fotos e vídeos da cerimônia de colação de grau do curso de Teologia. "GLÓRIAS A DEUS POR MAIS ESTA BENÇÃO! A Palavra de Deus é sempre MAIS DO QUE IMAGINÁVAMOS! E o SEMINÁRIO CARISMA nos conduz a descobrir tantas coisas surpreendentes... VOU SENTIR SAUDADES! Mas agora é colocar em prática", escreveu o pastor. 
O ex-ator e a maquiadora se casaram em maio deste ano no religioso. Na ocasião, eles fizeram uma cerimônia na Igreja Batista de Lagoinha. Já no civil, o casamento aconteceu em março

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Testemunho de ex-Adventista : “Eu sou sua Mãe! Eu vim te buscar pois te tiraram de mim muito pequeno”




Meu Nome é Alexandre Nunes e faz 3 anos e meio que me converti ao Catolicismo.
Fui criado na Igreja Adventista do Sétimo dia a qual, desde pequeno aprendi a amar e a defender como a igreja remanescente de Deus nessa terra, que tinha uma última mensagem a dar ao mundo antes da volta de Jesus.
Fui crescendo e me aperfeiçoando na doutrina Adventista. Me tornei líder de jovens, me dediquei ao ministério da música, e cantei toda a minha vida ali em um dos grupos mais famosos no meio adventista que é o grupo INTERFACE. Mas meu grande chamado sempre foi o evangelismo através da palavra e das séries de conferências que fazia.
Me tornei orador do Grupo Interface, juntando assim a Palavra e a Música para a evangelização. Pregava por sábado em ginásios para públicos de até 3.000 pessoas. Fazia trabalhos em hospitais, orfanatos, presídios, enfim… E ainda dava cursos bíblicos na escola sabatina (escola bíblica adventista).
Me tornei um pregador tão eloquente e bem visto, que já estava pensando em ir para o instituto adventista (IASP), para estudar Teologia e me tornar pastor.
Foi quando tudo mudou!

Um dia eu estava voltando de um programa na Igreja Central de Cabo Frio com o Grupo Interface, o final de uma serie evangelística, no qual falei sobre a defesa do sábado como dia do senhor e sobre a besta do Apocalipse e o 666. Consequentemente falei muito contra o catolicismo! Sempre fui um grande perseguidor da então chamada “igreja Romana”.
Cheguei em casa de madrugada, era por volta de 2:00h da manhã, tomei banho, comi algo e fui fazer minha última oração. Abri a Bíblia, ajoelhei, quando de repente aconteceu algo que mudaria toda a minha história!!!!
Uma luz prateada muito forte irradiou todo o meu quarto, e um agradável aroma de rosas penetrava todo meu ser!!!
Quando olhei pra trás, pensando que alguém tinha acendido alguma lanterna ou lâmpada… Sei lá! Eu me deparei com uma linda jovem, de aparência de uns 16 ou 18 anos… Mãos postas e um lindo sorriso que me trazia muita paz!
Perguntei então:
-Quem é você? Como entrou aqui?
Ela respondeu:
– Eu sou sua Mãe!
Eu disse:
Como assim minha Mãe! Minha mãe está dormindo bem aqui no quarto ao lado! Quem é você?
Ela sorrindo:
– Eu sou sua Mãe! Mãe do seu Salvador! Mãe da Igreja! Eu vim te buscar pois te tiraram de mim muito pequeno, e tenho uma missão pra você!
Eu como um bom evangélico comecei a orar e dizer saia daqui em nome de Jesus…
Ela então me disse sorrindo:
– isso filho! Reze pois só assim irá alcançar as promessas do meu filho!
E se foi sumindo dentro daquela luz…
Quando me dei por conta, já estava quase amanhecendo e minha mãe entrou no meu quarto e disse:
Ué? Ainda acordado?
Hummm! Que cheiro gostoso de rosas!!!!
Não contei nada o que tinha acontecido e guardei isso em segredo durante meses!!!!
Minha vida virou de cabeça para baixo!
Eu ficava me questionando o que poderia ser aquela visão, visto que não acreditava que Maria estava viva! Os Adventista não acreditam em imortalidade da alma, acreditava que todos estavam esperando a vinda de Jesus para a ressurreição dos justos, enfim…

Meses se passaram até que um dia eu estava passando em frete a paróquia Nossa Senhora de Copacabana e Santa Rosa de Lima em Copacabana RJ, e ouvi uma voz que me disse:
-Entre!
Tomei coragem e fui a Uma Missa pela primeira vez na minha vida!
Entrei muito desconfiado… Achando um absurdo aquele monte de imagens…mas fiquei!
Na hora da consagração, eu caí de joelhos chorando muito, sentia como se estivesse na presença viva de Jesus, e estava mas ainda não sabia…
A Missa acabou e fui falar com o Padre.
Me apresentei, disse que não era católico mas precisava muito falar com ele. Ele pediu pra que fosse falar com outro Padre pois ele tinha um compromisso e não poderia me dar atenção naquele momento. Tudo estava sendo conduzido por Deus!!!

A Paróquia se Nossa Senhora de Copacabana tem vários Padres que atendem confissão todos os dias da semana o dia todo, e as Missas são quase que de hora em hora, mas Deus estava me guiando ao padre certo!
Fui a secretária expliquei o que tinha acontecido e disse que queria falar com o padre.
Fui encaminhado a um Padre por Nome Adonias.
Entrei na sala e disse:
– Bom dia Padre! Meu nome é Alexandre, eu não sou Católico, sou Adventista do Sétimo dia. Queria pedir sua ajuda, pois apareceu uma moça no meu quarto dizendo ser a Minha Mãe, Mãe de Jesus e da Igreja e eu queria… Quando olho pra trás dele me deparo com a imagem dela e digo atônito:
– É..é.. É Ela!!! Ela ai ó!!! Ela disse que é minha Mãe!!! Quem é ela? Eu tremia dos pés a cabeça…
O Padre olha pra trás… Olha pra mim e diz:
Meu amado! Essa é Nossa Senhora Rosa Mística! Maria! Mãe de Jesus, sua, minha, de toda a igreja!
Eu fiquei sem palavras!!!

Sabe… Eu nunca tinha visto aquela imagem! A mais comum, que a maioria dos evangélicos conhecem e Aparecida e Fátima… Agora Rosa Mística?
Comecei a conversar com o Pe. Adonias e tudo que perguntava ele me respondia com tanto carinho… As perguntas sobre doutrina, enfim…
Depois voltei pra casa e ao contar toda a minha história pra família, fui descobrir que ei tinha sido batizado quando bebê e não sabia, meus padrinhos morreram e eu não tinha lembrança. Minha mãe tinha tido uma grande decepção dentro da igreja e ela se afastou, por isso fui criado na IASD.
Depois disso toda a minha família retornou a casa do Pai, fiz a Primeira Comunhão, a Crisma, e o Padre Adonias hoje é o meu amado Padrinho, estou estudando muito e aprendo sobre a fé, pois quero, como São Paulo ser um grande defensor da Santa igreja!!!
Me tornei um leigo consagrado e se Maria Nossa Santa Mãe permitir, e for a vontade do Pai, quero um dia ser um Sacerdote.
Muitas outras coisas aconteceram ainda, mas tentei resumir com os pontos principais!!!
Deus o abençoe!!!
VIVA A IGREJA, UNA, SANTA, CATÓLICA E APOSTÓLICA!
PAX ET BONUM!
Via Jesus Cristo Em Sua Plenitude

EDIR MACEDO ACIONA POLITICOS PARA TENTAR PARAR REPORTAGEM CONTRA ELE






Bispo Macedo aciona políticos para tentar parar reportagem da TVI em Portugal!


CUIDADO: saiba distinguir entre a real Medalha Milagrosa e as versões ocultistas


Ao longo dos séculos, houve e continua havendo vários grupos organizados contra a Igreja católica, em diferentes contextos e com graus variáveis de alcance. Trata-se de grupos de natureza diversa: alguns, de ideologia mais política, atacam a Igreja principalmente no tocante à doutrina moral e à estrutura temporal da Santa Sé; outros, de caráter mais esotérico, procuram combater aspectos teológicos e de espiritualidade.
É frequente que esses grupos se infiltrem na própria Igreja e atuem de dentro dela para tentar enfraquecê-la.
Também é frequente que, mesmo de fora, manipulem e desvirtuem recursos espirituais da Igreja: isto pode ser feito de modo explícito, como nas assim chamadas “missas negras” praticadas por seitas satânicas a fim de profanar a Santíssima Eucaristia, ou de modo mais velado, a fim de espalhar pequenos erros, pequenos desvios aparentemente sem importância, para causar confusão entre os católicos.
Exemplos desse último caso são as falsificações de relíquias, objetos de devoção e sacramentais, como as versões falsas de rosários e medalhas. Nessas versões, costumam ser acrescentadas características ocultistas, o que não apenas tergiversa o sentido original do objeto manipulado como ainda vai acostumando os seus usuários a acharem normais e inofensivos certos símbolos que nada têm a ver com o cristianismo.
Uma das vítimas de grosseiras e ofensivas falsificações é a Medalha Milagrosa que Nossa Senhora das Graças nos deu em suas aparições a Santa Catarina Labouré, no ano de 1830, em Paris.
Você poderá informar-se mais sobre a história da Medalha Milagrosa clicando neste outro artigo.
Lamentavelmente, uma das falsas versões da Medalha Milagrosa é bastante divulgada e pode ser encontrada com facilidade em lojas católicas desavisadas.
Saiba como diferenciar
A medalha falsa se distingue da original em vários elementos. Estes são os mais importantes e frequentes:
1) As estrelas não têm 5 pontas, mas 6. Ocorre que a estrela de 6 pontas é considerada um símbolo satanista por representar a cabeça de um demônio identificado como Baphomet.
2) O ‘M’ não está em posição reta, mas inclinada.
3) A cruz e o ‘M’ se cruzam de maneira oposta ao modo original.
4) Sobre os corações, como se fossem espinhos, aparecem de forma camuflada um compasso e uma régua, que são os mais populares símbolos maçônicos.
5) A espada do Coração de Maria, em vez de atravessar o Coração, está atrás dele.
6) A cruz tem forma estranha em seus braços, que não são retos nas partes finais: aparecem pontas ao final de cada lado da cruz.
7) Uma estrela com 6 pontas aparece sobre a cruz; na medalha original não há nenhuma estrela sobre ela, mas sim duas estrelas que aparecem em cada um dos lados superiores da cruz. O mesmo se nota na parte inferior da medalha.
8) No verso da medalha falsa, na parte inferior, observa-se o assim chamado “olho de Hórus”, ou “o olho que tudo vê”: trata-se de um símbolo ocultista popularmente vinculado a sociedades secretas e ritos esotéricos incompatíveis com o Evangelho, bem como a superstições relacionadas com poder, proteção e sorte obtidos por intermédio de entidades igualmente incompatíveis com a fé cristã.
Retirado de Aleteia

Contrariando Edir Macedo Rodrigo Faro declara: “Sou católico praticante"


“Sou católico praticante. Vera, minhas filhas e eu somos consagrados à padroeira do Brasil.”

Em 2016, o apresentador Rodrigo Faro e sua esposa, batizaram sua filha na Igreja Católica e durante entrevista a Revista Contigo, fez uma declaração sobre sua devoção e de sua família a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.
Desta forma, destacamos entre os famosos, mais um apresentador, que coloca a disposição de todos os seguidores e admiradores, sua fé e devoção.
O apresentador se emocionou ao lado da mulher e das filhas, Helena, Maria e a primogênita, Clara.
Lágrimas discretas escorreram do rosto de Rodrigo Faro, 40 anos, quando o padre Antônio Maria, 67, falou sobre o amor em família no início da tarde do domingo (3), na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em Alphaville, na Grande São Paulo. Era o batizado de Helena, 10 meses, a caçula de suas três filhas, do casamento de dez anos com Vera Viel, 38, e o casal de apresentadores escolheu uma cerimônia simples, com 23 pessoas, apenas amigos íntimos e familiares na igreja conhecida, no bairro onde eles moram, como a gruta, toda construída de pedras. “Sou católico praticante, minha mulher nasceu no dia de Nossa Senhora Aparecida. Aliás, Vera, minhas filhas e eu somos consagrados à padroeira do Brasil. Demoramos meses para batizar Helena, porque queríamos que a cerimônia acontecesse no domingo em que se celebra o Dia de Todos os Santos”, disse Rodrigo.
Foi uma bênção curta, que demorou aproximadamente 30 minutos. Depois, os convidados seguiram para um almoço na casa da família, em Alphaville. Na cerimônia, Helena permaneceu boa parte do tempo no colo da mãe e, como a maioria das crianças, assustou-se na hora de receber a bênção dos padrinhos, o casal Carlos Paschoal, 33, diretor de marketing da Sony Brasil, e Paula Paschoal, 32, publicitária. “É uma linda responsabilidade. Rodrigo e Vera são ótimos! Ele é exatamente essa pessoa que o telespectador vê: simpático, verdadeiro e afável”, disse Carlos. Helena foi benzida com água do Rio Jordão, onde os cristãos acreditam que Jesus foi batizado, trazida por Danilo Faro, 38, empresário e irmão do apresentador, de uma viagem à Terra Santa realizada em julho. Helena chorou, mas as irmãs da bebê, Clara, 8, e Maria, 5, entreteriam a menina com brinquedinhos. “Lembro quando conheci o Rodrigo e ele me disse: ‘Você será mãe dos meus filhos’. Achei que era uma cantada, mas isso se concretizou. E ainda tem gente que não acredita em amor de príncipe encantado… Ele é minha alma gêmea”, disse Vera.
Com águas do Rio Jordão, da Terra Santa, Helena é batizada pelo padre Antônio Maria, no colo da madrinha, Paula Paschoal, e amparada pelo pai.
Via M de Mulher

“CUSPIRAM EM NÓS” diz padre zezinho sobre recente ataques a Igreja católica

 

 

 

Padre Zezinho se pronuncia sobre a intolerância religiosa contra a Igreja Católica nos últimos dias:

1-Alguns fanáticos evangélicos, desobedecendo seus líderes, quebraram nossos símbolos. Um deles fugiu para o exterior. Os outros foram perdoados como loucos. Não os processamos.
2- Alguns extremistas, que de loucos nada tinham, nos dias do Papa entre nós, ficaram nus em Copacabana diante da mídia que documentou tudo, quebraram nossos símbolos e até urinaram neles. Ninguém prestou queixas e os juízes não puderam punir. Mas foi crime!
3-Em Porto Alegre, em nome de liberdade de expressão conspurcaram nossos mais caros símbolos ( eucaristia) , numa amostra de desprezo aos católicos . Ninguém foi punido.
4- Agora estão mostrando um homem totalmente nu deixando -se tocar por crianças com a anuência das mães. Houve protesto, mas nenhum juiz se pronunciou.
5- Agora, só falta, em nome da liberdade de expressão algum bestunto urinar na própria mãe, num casal de anciãos ou num bebê. Aí, talvez,um juiz se pronuncie !
6- Se para estes iconoclastas nada é sagrado, então a liberdade deles também não é sagrada.
Que as famílias se pronunciem, já que a mídia só mostra, e os políticos não batem de frente com eles. E talvez os juízes reajam quando todas as igrejas e , conosco , até os ateus marchem em defesa da infância e da velhice.
7- Por enquanto eles nos chutaram e cuspiram em nós e nada aconteceu contra eles.
Já que desprezam a fé e a família, mas idolatram sua liberdade, que tal se um juiz, secundado pela OAB e pela CNBB e pelos evangélicos do Brasil lhes derem um basta pedindo que o STF se pronuncie?
Afinal é crime ou não é? Ou neste país laico nem a bandeira é sagrada? Terão que urinar nela para serem punidos ?
Pe Zezinho scj