domingo, 20 de novembro de 2016

Intelectuais do Harvard e a Universidade de Chicago se convertem ao catolicismo


Candace Vogler. Foto: Universidade de Chicago / Adrian Vermeule. Foto: Escola de Direito de

WASHINGTON DC, 19 Nov. 16 / 03:00 pm (ACI).- Famosos intelectuais das prestigiosas universidades norte-americanas de Harvard e Chicago se converteram recentemente ao catolicismo, conforme anunciou o professor Robert P. George, da Universidade de Princeton e também católico.
Em uma publicação em seu perfil do Facebook, George recordou a notícia da conversão do famoso jurista Adrian Vermeule, da Escola de Direito de Harvard, e disse que “milagres” como este “continuam acontecendo”. Divulgou também que Candace Vogler, professora de filosofia da Universidade de Chicago, converteu-se ao catolicismo.
Em uma entrevista publicada no final do mês de outubro pela revista Inside the o Vatican (Dentro do Vaticano), Vermeule compartilhou seu testemunho de conversão, influenciado pela vida do Beato John Henry Newman e assegurou que “não há um meio termo entre o catolicismo e o ateísmo”.
Para o jurista de Harvard, a Igreja é “uma instituição cujos alicerces são tão fortes como o ferro”.
“A agitação passará. Episódios, escândalos e debates vem e vão. Mas a linha e o testemunho dos sucessores de Pedro nunca falharão”.
Robert P. George recordou que ao ficar sabendo da conversão de Adrian Vermeule, destacou que apesar dos momentos de fraqueza e feridas que a Igreja sofre na atualidade, “continua atraindo homens e mulheres tão extraordinários”.
Isto, disse o professor de Princeton, “para mim, bem… é um milagre”.
Em seguida, George assinalou que “estes milagres continuam acontecendo” e anunciou a conversão de Candace Vogler, “outra importante intelectual norte-americana”.
“Graças a Deus”, concluiu o professor de Princeton.
Disqus Comments